quarta-feira, 8 de março de 2017


A Mulher em 2017

Posso enumerar adjetivos e cenários de humilhação, violência, tortura e privação em que vivem Mulheres de todas as idades, classes sociais, por todo o nosso globo, que se repetem ano após ano apesar dos discursos generalizados do Dia Internacional da Mulher.

Posso também falar do exemplo de Mulheres que entre familiares, amigas, Mulheres com e sem nome, continuam encontrando mil e uma formas de vencer cada dia com um sorriso, disfarçando o seu suor e esquecendo a sua dor.

Posso afirmar, que existem Avós, Mães e Filhas que são corajosas, que ajudam com bravura e de variadas formas a tornar este lugar mais humano, mais harmonioso e tolerável.

Mas o que não entendo é que existam Mulheres que usem o discurso da segregação, da força e das armas.

Como existem Mulheres que massacram seus filhos, que incitam ao ódio, que despedem e ofendem?

Como existem Mulheres que aprovam a guerra, subjugam outros territórios e apoiam a destruição?

Onde está a diferença afinal?


O justo e o injusto não são um combate de géneros. Mulheres e Homens podem se unir contra a ignorância. Talvez assim se consiga reverter esta escalada de intolerância e se caminhe para um futuro mais humilde e digno.


domingo, 12 de fevereiro de 2017


Cuida de mim

Dá-me a tua mão e leva-me para um lugar mágico.

Dá-me um abraço para que me aqueça deste frio solitário.

Fala comigo, fala-me de ti, para que me esqueça de mim.

Sorri para mim e ilumina o meu dia.

Preciso de ficar forte para cuidar de ti.

domingo, 4 de dezembro de 2016


Vivo cada dia do nada e estou feliz,
Estabeleço elos que nunca tive,
Luto com amor, sorrio para as colinas que subo
E contemplo os vales que desço.
Pode vos parecer loucura,
Mas não tenho apenas um anjo,
O meu percurso é protegido por todos vós
E todos os dias a esperança suplanta o desespero
E a cada instante, um elogio vence um sufoco.
Percorro o meu caminho sem queixas, agradeço cada gesto
Não sou herói nem justiceiro,
Sou homem e erro, renovo-me e cresço.
Confio que tudo tem sentido,
Confio que vale a pena amar,
Confio nos meus sonhos
Confio em mim!


domingo, 21 de agosto de 2016


Caminho e penso. E no silêncio
dos meus passos o ruído do meu 
ser me acompanha, me persegue.

Sou assim, companhia de mim
mesmo, até quando desejo estar só,
livre dos meus pensamentos.

Por vezes tenho a felicidade de 
trocar palavras com outras vozes 
que não a minha. 

Sempre gostei de conversar, conhecer, 
perceber que como eu, os outros 
também sentem as suas vidas, 
observam em seu redor e coabitam 
neste universo, nesta dimensão temporal.

E do dialogo surgem ideias, nascem 
amizades, cresce o respeito e a admiração. 
Nem tudo é perfeito, mas a pluralidade é a 
maior riqueza da humanidade.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016



Ontem devolvi-me para dentro de mim como não fazia faz longo tempo.
Senti-me triste e só, e neste espaço de confissões em que partilho comigo o meu coração, aprecio a calma desta serenidade.
Desta vez, a angustia não reverteu em desespero, mas numa natural constatação que eu sou assim mesmo, sempre fui.
Não sei se preciso, se mereço, apenas sou alguém que vive nesta constante bipolaridade entre querer e conseguir viver a minha vida em paz comigo mesmo.


domingo, 29 de maio de 2016


Amor eterno


Estranha solidão, esta em que vivo.
Espero que voltes para me abraçar
e neste tempo que perdura,
sinto que foi ontem que estivemos juntos
pois é tão intenso este desejo de te ter
perto de mim, viver contigo doces momentos,
caminhar juntos nesta maravilhosa
aventura que é a vida.

Este amor que sinto e o meu coração
que bate, são a saudade da tua luz
e a esperança de um novo beijo.

Aqui só neste silêncio, embalo
A tristeza com o teu sorriso
e o desgosto com a tua voz
e o conforto das memórias
ameniza a solidão e o amor
em que acredito aquece-me
deste inverno longe de ti.

Sei que ao teu lado tudo
é realmente possível.


quinta-feira, 31 de dezembro de 2015




A Mulher da minha vida traz nome de deusa e é um anjo.

A mulher da minha vida não esconde o seu amor por mim,
sofre como eu a saudade da distância.

A Mulher da minha vida caminha com a elegância que me
fascina e juntos nos sentimos felizes, vivendo as nossas
afinidades e aceitando as nossas diferenças.

A Mulher da minha vida tem a maturidade que me encanta
com quem converso de nós e encontro nela todos os meus
sonhos realizados.

Fixamos os olhos em silêncio e nos perdemos um no outro.

O seu abraço é intenso como o meu, e os nossos suspiros se
encontram no conforto dos braços.

Os seus beijos são vorazes e carnais, gostamos dos nossos
cheiros e os nossos corpos se completam num desejo que é
ardente.

Esta mulher existe, e eu quero ser seu homem para sempre.